Macroeconomia: Balanço de Pagamentos e identidades macroeconômicas

O Balanço de Pagamentos registra todas as transações entre residentes (pessoas físicas ou jurídicas que têm, no país considerado, seu principal centro de interesse econômico) e não residentes (pessoas físicas ou jurídicas que não têm no país considerado seu principal centro de interesses) de um país em um determinado tempo. As principais contas do Balanço de Pagamentos são: Conta Corrente, Conta Capital e Financeira, Conta Erros e Omissões e Transações Compensatórias.

A Conta Corrente é formada da seguinte maneira:

  • Balança Comercial, em que são contabilizadas todas as entradas e saídas de bens, mercadorias, tangíveis ou visíveis. Fatores que afetam a Balança Comercial: preços internos – negativamente; preços externos – positivamente; taxa de câmbio – positivamente; PIB interno – negativamente. Atualmente, o Brasil apresenta saldo comercial positivo em função da alta de preços externos e do crescimento do PIB externo, materializado na China, nosso principal parceiro comercial.
  • Balança de Serviços, em que são registradas todas as entradas e saídas de serviços, intangíveis ou invisíveis. Saldo BS = X serviços – M serviços. O Brasil tem problema crônico na BS, que sempre foi negativa, em função da pouca tradição do país em serviços (fretes, seguros);
  • Balança de Rendas, em que engloba pagamentos de fatores de produção (trabalho e capital). Saldo da BR = RRE – REE. A BR é historicamente negativa no Brasil porque o país importou fatores de produção ao longo de sua história (capital), sendo obrigado a remunerá-los continuamente com  pagamento de lucros e juros.
  • Balança de transferências unilaterais, em que englobam os pagamentos sem contrapartida de um país para o outro, ou seja, são as transferências de bens e moedas para consumo corrente. O Brasil ainda é superavitário em TU, em função dos recursos enviados por brasileiros residentes no exterior, que enviam doações a suas família.

A somatória de i, ii, iii e iv é o saldo no Balanço de Pagamentos em Transações Correntes (SBPTC).  O resultado em conta corrente é a poupança externa do país (Sext = (X – M) + REE – TUR) ou (Sext = – BC – BS – BR – TU = – Saldo em CC). A Balança Comercial somada à de Serviços não fatores é denominada, quando positiva, de: Transferências líquidas de recursos ao Exterior ou, quando negativa, de Hiato do Produto.

A Conta Capital e Financeira inclui a Conta Capital e a Conta Financeira. Na Conta Capital incluem-se as transferências unilaterais relativas ao patrimônio de migrantes internacionais, assim como a aquisição de bens não financeiros não produzidos, como cessão de marcas, patentes e direitos autorais. Nesta conta também é lançado o perdão da dívida. A Conta Financeira congrega todos os fluxos com ativos e passivos financeiros entre residentes e não residentes no país. São exemplos o investimento direto, o investimento em carteira e os derivativos. Em função do superávit no Balanço de Pagamentos, o Brasil vem acumulando grandes somas de reservas internacionais, alcançando em 2011, aproximadamente, 340 bilhões de dólares.

Onde as RIs são utilizadas?

Títulos do governo dos EUA e de outros governos, ouro, espécie e fundo soberano, por exemplo. Ademais, o acúmulo de RIs ajudou o Brasil a reduzir sua dívida externa – BP positivo -> Aumenta as RIs -> Entrada de USD > Saída de USD -> dólares que entram querem comprar mais R$ -> Base monetária tende a aumentar.

A Conta Erros e Omissões é uma conta de ajustes, pois se podem contabilizar valores estimados a mais ou a menos no Balanço de Pagamentos. A soma das Contas Corrente, Capital, Financeira e Erros e Omissões representa o Saldo Total no Balanço de Pagamentos.

A Conta de Transações/Capitais compensatórios encontra-se abaixo da linha, por isso não está incluída no cálculo do Balanço de Pagamentos. Ela consiste em rubricas relativas a fontes de financiamento do Balanço de Pagamento. Nela, englobam-se as contas associadas às Reservas Internacionais do país, empréstimos junto ao FMI (para cobrir inconsistências do Balanço de Pagamentos) e os atrasos comerciais, que são as contas vencidas no exterior e não pagas pelo país.

Por que o saldo do Balanço de Pagamentos deve ser igual à zero?

O Balanço de Pagamentos deve ser igual a zero devido ao método de partidas dobradas, utilizado para fazer o seu cálculo. Quando um valor é lançado nas Contas Operacionais (entrada, com sinal positivo e saída, com sinal negativo) a sua contrapartida deve ser lançada com sinal trocado nas Contas de Caixa. Assim, o somatório das Contas Operacionais (conta corrente, conta capital e financeira e erros e omissões) com as Contas de Caixa (capitais compensatórios) é, automaticamente, igual à zero.

Identidades macroeconômicas

  • PIB = Y = C + I + G + (X-M);
  • Produto Nacional Bruto = PNB = PIB + Renda recebida do exterior (RRE) – Renda enviada para o exterior (REE);
  • Renda = juros, lucros, salários. Brasil: PNB < PIB -> REE < RRE;
  • Renda Nacional disponível = RND = RNB + Transferências Unilaterais (TUR);
  • TUR = doações recebidas – doações enviadas. No Brasil as doações recebidas são maiores do que doações enviadas;
  • Investimento: C + I + G + X – M = C + Sp + RLG – TUR + RLEE (corta o custo dos dois lados e isola o I) -> I = Sp + (RLG – G) + (M – X) + RLEE – TUR ou I = S = Sp + Sg + Sext

INVESTIMENTO = POUPANÇA (seja a poupança proveniente do privado, público ou do exterior)

– I > S = investimento cai e poupança aumenta

– I < S = investimento aumenta e poupança cai

  • Poupança pública: RLG – G
  • Poupança externa: (M – X) + RLEE – TUR = Poupança externa
Anúncios

4 Respostas para “Macroeconomia: Balanço de Pagamentos e identidades macroeconômicas

    • Oi, Pedro! Acho que a fórmula de I = S ficou um pouco confusa, mas vou tentar reescrevê-la:

      C + I + G + X – M = C + Sp + Renda Líquida do Governo – TUR + RLEE (corta o custo dos dois lados e isola o I)

      I = Sp + (RLG – G) + (M – X) + RLEE – TUR, que é mesma coisa que

      I = S = Sp + Sg + Sext, logo

      I = S

  1. Pingback: ABC da Economia Internacional | Internacionalista·

  2. Pingback: Edital de Economia: Resumos & Fichamentos |·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s